22 agosto 2010

Amor Companheiro

Quantas pessoas nesse mundo nunca passaram pela experiência de um amor companheiro? Acho que esse é um drama universal... As pessoas casam, separam, namoram, buscando essa experiência de compartilhar. Muitas não encontram, nisso esse mundo é meio difícil. Mas acho que poucos desistem. Acho que é um desejo primordial...

Amor CompanheiroSerá que esse ideal romântico moderno de ter tudo numa pessoa só, quase perfeita, dificulta essa experiência? O psiquiatra Francisco Daudt da Veiga (de quem sou super fã) tem um livro com esse nome (O Amor Companheiro, a amizade dentro e fora do casamento), e ele diz que pode existir amor companheiro entre amigos. Sim! Que bom! Acho que não vou desistir de encontrar um amor companheiro que possa ser também um parceiro romântico, mas é bom pensar que podemos experimentar o amor e o cuidado de outras maneiras...

Eu me encontro no grupo dos que nunca encontraram um amor companheiro num relacionamento a dois. Mas tenho que agradecer a Deus por possuir amores companheiros na forma de amigos.

O povo lá de cima deve dizer: mas essa gente lá de baixo não se contenta, fica querendo tudo de uma vez! :D

Então, eu ouço o puxão de orelha vindo lá do alto, e penso em como é uma bênção ter com quem compartilhar minhas grandes descobertas, minha evolução, os livros que acho fantásticos. Amigos que, como eu, estão interessados em evoluir, em se conhecer, em se abrir para os sentimentos. Amigos que, quando não sabem o que dizer, dizem simplesmente: não sei como posso te ajudar agora, mas vou encontrar uma maneira!

Não vou dar o nome dos meus grandes amigos/amigas por que não precisa, eles sabem. E sinto que outros surgirão, já estão a caminho. Por enquanto, alguns são "apenas" amigos, mas tem grande potencial para se tornarem amores companheiros, basta que saibamos nutrir a semente.

Ah, e então sonho com o dia em que todo o nosso planeta vai estar transformado, e a ética do cuidado* será o novo padrão nas relações. "Imagine all the people..."

-----------
* O livro "Saber Cuidar", de Leonardo Boff, me foi emprestado pela terapeuta reichiana Isabel Cristina Giese, outra grande pessoa que Deus colocou no meu caminho. Prometo que um dia devolvo!
Postar um comentário